Imagem de JÉSHOOTS em Pexels

Nokia: Quais os novos smartphones do mercado?

A Nokia precisou inovar no mercado de smartphones, para poder ocupar um espaço nas vendas, por isso, nos últimos anos fez uma parceria com o sistema Android.

A Nokia é uma empresa de tecnologia que surgiu na Finlândia, no ano de 1895. Logo, se destacou no mercado por causa dos seus produtos mais famosos, como os smartphones. Por isso, tornou-se uma das maiores corporações da telefonia mundial nos anos 1990.

A empresa ficou famosa por ter os seus “anos dourados” até o início dos anos 2000. Portanto, se manteve por 14 anos seguidos como a maior fabricante de celulares do mundo. Porém, com o avanço dos smartphones, a companhia precisou se readaptar no mercado.

Qual é a história da Nokia?

A empresa Nokia teve o seu início como uma fábrica de papel, mas aos poucos, os negócios se expandiram para botas de borracha e armário de madeira. No entanto, com o crescimento da eletricidade, veio a fabricação de cabos elétricos para a tecnologia.

A empresa dos dias atuais teve a sua criação por volta dos anos de 1960. Assim, o departamento de cabos foi responsável por criar o setor tecnológico, essencial para a área de telecomunicações. Enfim, no ano de 1982, a companhia lançou o seu primeiro celular.

A década de 80 foi essencial para a marca se consagrar no mercado de tecnologia. Por isso, se dedicou com sucesso aos computadores, celulares e monitores. Todos eram preparados para as transmissões de alta definição, além de ter as ligações via satélite.

Todavia, na época da Primeira Guerra Mundial, a empresa quase foi à falência. Mas, por causa de uma aquisição da fábrica de produtos de borracha Finnish Rubber Work, que passou a integrar os eletrônicos. Isso foi essencial para tornar-se um bom empreendimento.

Mercado das telecomunicações

Durante os anos 1990, a empresa se manteve nas telecomunicações, além de se tornar um das melhores marcas de celulares. No ano de 1992, lançou o primeiro celular com a tecnologia GSM, o Nokia 1011. Desse modo, dois anos depois, a série 2100 foi um sucesso.

Atualmente, a marca precisa saber como atender o mercado das redes privativas. Logo, a empresa busca assinar os contratos com redes de fornecimentos de tecnologia. Ao aplicar o 5G, a corporação deve fornecer mais para o mercado B2B, além de superar até o consumo.

Sistema Symbian

Não foi só na produção de celulares que a marca se destacou nos anos 1990. Afinal, no ano de 1998, a empresa lançou o sistema operacional Symbian para os assistentes pessoais. Com isso, surgiu por causa de agendas eletrônicas que eram a grande tendência da época.

Em seguida, a corporação passou a integrar os celulares, além de licenciar o sistema para rodar em outros aparelhos. Portanto, estava presente em várias marcas diferentes, antes que o Android e o IOS dominassem o mercado. O maior destaque era o seu fácil acesso.

Início do sucesso

O primeiro sucesso da marca não foi o ramo dos celulares, mas sim, um analisador de pulso para as usinas nucleares. Por isso, passou a investir em materiais como central telefônica e equipamentos militares para a comunicação e transmissão de informações.

Somente na segunda metade da década de 1990, que a empresa deixou a Finlândia e a Europa para ganhar o mundo. Ou seja, passou a lançar os celulares pioneiros da história que tornaram-se um símbolo de sucesso e status para os ricos e empresários dessa época.

Anos dourados

Por muitos anos, foi a maior empresa de celulares do mundo todo até o ano de 2012. Entretanto, no ano de 1999, lançou o primeiro celular com internet, o Nokia 7650, além de no ano seguinte, veio o primeiro a gravar vídeos. Era o início de uma revolução tecnológica.

Quais são os principais smartphones da Nokia?

Na sua história recente, a Nokia fez uma parceria com a empresa Microsoft, para ter o seu retorno ao mercado. Além disso, a companhia tem o principal objetivo de atualizar os aparelhos mais potentes da marca. Confira os principais smartphones do seu catálogo:

  • Nokia C01 Plus;
  • Nokia C20;
  • Nokia C30;
  • Nokia G21;
  • Nokia 5.4.

Como visto, os modelos chegaram há pouco no Brasil para poder inovar dentro do mercado de smartphones. Com isso, há vários modelos diferentes que servem para atender as necessidades dos seus consumidores. Os preços costumam variar de R$ 585 a 1.223 reais.

Os primeiros celulares

Ao entrar no mercado de telefonia e comunicações, a empresa foi responsável por criar o Global System for Mobile Communications (GSM). Além de ser a pioneira a criar um comercial sobre essa tecnologia. Enfim, a marca já se mostrava com grande potencial.

O primeiro celular GSM da empresa foi o Nokia 1001, que adotava o famoso apelido de “tijolão”. Logo, esse foi o início do lançamento dos principais modelos de celulares da fabricantes. Como resultado, a companhia passou a ser a referência por vários anos.

Parceria com a Microsoft

Após alguns tempo com prejuízos, além da redução da participação no mercado, era inevitável a venda da empresa. Assim, no ano de 2013, surgiu a parceria com a Microsoft, com um total de US$ 7,2 bilhões para comprar o setor de dispositivos móveis e serviços.

Afinal, já no início dos anos 2000, a empresa já mostrava os sinais de que não seria capaz de acompanhar a evolução do mercado. Dessa forma, após um recall de baterias que gerou um grande prejuízo, além da popularização do Android e a demissão de vários funcionários.

Windows Phone

O Windows Phone foi uma parceria da marca com a Microsoft para ser um novo concorrente do Android e da IOS. Por mais que o seu crescimento tenha sido rápido, a queda foi repentina. Mas, o maior problema foi a falta de aplicativos disponíveis na loja.

A companhia de Bill Gates passou a ser dona dos aparelhos, serviços e recursos mobile da empresa finlandesa. No entanto, a parceria entre as empresas chegou a durar 18 meses, com várias linhas de celulares e tablets com o sistema Windows, mas não durou muito.

Apesar disso, o Brasil foi um dos maiores públicos que passaram a consumir a linha de celulares. Mas, foi por causa da fama da Nokia com os seus modelos de celulares mais antigos. Com isso, o país tornou-se o segundo maior consumidor do celular com Windows.

Principais modelos com o sistema

Outras marcas chegaram a lançar os smartphones com Windows Phone, mas a Nokia que se destacou no mercado. Com isso, alguns modelos chamaram a atenção dos consumidores, como o Lumia 800, de 2011. Além de ter o Lumia 920, no ano de 2012.

Global System for Mobile Communications

O Global System for Mobile Communications ou GSM é um sistema responsável por desenvolver a tecnologia móvel para os celulares. Por isso, tornou-se o padrão mais popular para os telefones celulares do mundo. Destacou-se pela possível troca de dados.

Quais as características do Nokia C01 Plus?

O Nokia C01 Plus é um smartphone Android mais simples, porém se destaca por ter as suas funcionalidades completas. Todavia, não há tantas opções para a parte de lazer e diversão, mas, há as básicas como a conectividade de Wifi, GPS, MP3 Player e Bluetooth.

Foto de divulgação com frase Nokia c01 plus vale a pena?
O Nokia C01 Plus é uma das novidades da marca. Imagem de Youtube.

O seu lançamento foi em Junho de 2021, além de ser essencial para os consumidores menos exigentes. Afinal, as suas especificações são bem mais simples e básicas para todos os usuários. Veja as principais características que destacam o uso do smartphone:

  • sistema operacional: Android;
  • peso: 157 gramas;
  • faixa de preço: R$ 549 reais;
  • sim card: nano;
  • dual sim: disponível;
  • memória ram: 1 GB;
  • memória interna: 16 GB;
  • resolução da câmera: 5 MP frontal e traseira;
  • resolução de vídeo: 720 p;
  • bateria: 3000 mAh.

Por ter as características mais básicas em suas funções, o preço fica mais baixo. Por isso, é uma boa opção para quem não pode arcar com custos maiores. O seu display não exibe muitos detalhes, por causa da baixa resolução. Mas, atende as necessidades do público.

Vantagens

Apesar das suas composições simples, o smartphone consegue entregar bons resultados. Portanto, a lente só é boa para as fotos em um ambiente mais claro. Mesmo com o baixo valor de custo, a bateria consegue ter uma boa durabilidade. As suas cores são azul e roxo.

Desvantagens

Por ter um baixo valor, não apresenta muitas funcionalidades específicas em seu uso. Desse modo, o seu armazenamento interno possui uma capacidade baixa, o que não é ideal para quem gosta de baixar muitos aplicativos. Porém, é um celular bem mais simples.

Você conhece os detalhes do Nokia C20?

Dentro da lista dos smartphones mais simples com o sistema Android, há o Nokia C20 que oferece as suas funcionalidades mais limitadas. Porém, as suas características básicas comuns com os outros celulares. Por exemplo, a conectividade Wifi e o modo GPS.

Além disso, possui uma capacidade de memória um pouco melhor que o C01 Plus, além da expansão. A sua tela Touchscreen possui um tamanho maior, com uma resolução de 1600 x 720 pixels. Ou seja, é um smartphone  para quem só vai usar o básico. Veja mais sobre ele:

  • sistema operacional: Android;
  • peso: 191 gramas;
  • faixa de preço: R$ 650 reais;
  • sim card: nano;
  • dual sim: disponível;
  • memória ram: 2 GB;
  • memória interna: 32 GB;
  • resolução da câmera: 5 MP frontal e traseira;
  • resolução de vídeo: 720 p;
  • bateria: 3000 mAh.

Como visto, o que muda entre o C20 e o C01 Plus é o fato do primeiro ter a memória interna maior. Portanto, tem um desempenho de até 20% mais rápido, o que é uma boa opção para a sua faixa de preço. O seu modelo usa o policarbonato com chassi interno de liga de metal.

Vantagens

Apesar de ser um dos melhores celulares de custo-benefício, tem a tecnologia ISP, com os cristais líquidos que formam as imagens. Com isso, oferece mais boas imagens, além de ter um material mais resistente. Dentro da categoria dos básicos, a bateria está dentro do setor.

Desvantagens

Como se trata de um modelo simples, possui poucos recursos para usar. No entanto, possui um desempenho limitado, apenas para quem deseja usar o básico. A sua câmera tem um melhor funcionamento na parte da noite, pois os seus recursos possuem o flash em LED.

Como é o funcionamento do Nokia C30?

O Nokia C30 é um smartphone de nível mediano com o sistema operacional Android, é ideal para quem não possui muitas exigências. Porém, também possui as mesmas funcionalidades básicas que os dispositivos mais avançados, mas têm recursos limitados.

Imagem de celular Nokia sobre caixa
O Nokia C30 se destaca pelo seu design. Imagem de Price Pony.

Diferente dos outros dois modelos acima, o C30 possui uma boa memória, além da possibilidade de expansão. Além de ter a sua tela Touchscreen de 6,82 polegadas, que coloca o modelo no topo de linha da marca. Saiba mais sobre os seus principais detalhes:

  • sistema operacional: Android 11 Go Edition;
  • peso: 237 gramas;
  • faixa de preço: R$ 863 reais;
  • sim card: nano;
  • dual sim: disponível;
  • memória ram: 2 GB;
  • memória interna: 64 GB;
  • resolução da câmera: 13 MP frontal e 5 MP traseira;
  • resolução de vídeo: 720 p;
  • bateria: 6000 mAh.

Um outro ponto é o fato de ser feito com policarbonato, o que traz mais resistências nas quedas. Assim, o seu principal objetivo é atingir um público-alvo com menos exigências técnicas por meio das suas funções básicas. Logo, o aparelho segue a tendência da marca.

Vantagens

Uma vantagem em relação aos outros modelos anteriores, é o fato de ter a câmera dupla. Portanto, o seu modelo consome menos bateria, e tem a promessa de durar até três dias. Além de ter uma boa resistência material, bem como, um ângulo mais amplo e em HD.

Desvantagens

De modo geral, o celular só tem dois atrativos para o público, o tamanho da tela e a capacidade da bateria. Mas, a sua memória internet tem uma capacidade limitada para quem investe em muitos recursos. Além de não suportar algumas tecnologias recentes.

Qual a ficha técnica do Nokia G21?

O Nokia G21 é um dos smartphones completos com o sistema operacional Android, mesmo com o seu baixo custo. Enfim, por ter uma tela Touchscreen de 6.5 polegadas, que destaca o modelo como topo de linha. Além da sua alta resolução de tela em pixels.

Por outro lado, as suas funções possuem as básicas, além de da transferência de dados e navegação web oferecidas pela rede UMTS. Portanto, se destaca também pela sua boa memória, bem como, a capacidade de expansão. Confira quais os seus principais detalhes:

  • sistema operacional: Android;
  • peso: 190 gramas;
  • faixa de preço: R$ 898 reais;
  • sim card: nano;
  • dual sim: disponível;
  • memória ram: 4 GB;
  • memória interna: 128 GB;
  • resolução da câmera: 8 MP frontal e 50 MP traseira;
  • resolução de vídeo: Full HD;
  • bateria: 5050 mAh.

O modelo da marca é um produto que possui poucos concorrentes em relação à câmera de 50 megapixels. Desse modo, há como investir em recursos interessantes para usar dentro do celular. Logo, é essencial para quem quer um smartphone mediano com um bom custo.

Vantagens

O Nokia G21 é muito indicado para as pessoas que desejam um smartphone com um bom custo-benefício. Entretanto, a bateria se destaca por durar até três dias, além de trazer uma boa durabilidade aos usuários. Outro destaque é a enorme tela, com um design mais fino.

Desvantagens

O G21 tem uma configuração encontrada em celulares muito básicos, o que deixa o seu desempenho abaixo de intermediários de outras marcas. Assim, os jogos mais pesados rodam em qualidade mais baixa, bem como, as fotos sofrem com a sua falta de nitidez.

Quais os detalhes do Nokia 5.4?

O smartphone Nokia 5.4. é completo, além de ter o sistema operacional do Android, com detalhes semelhantes aos novos dispositivos. No entanto, destaca-se por ter a sua tela Touchscreen de 6.39 polegadas, o que deixa o modelo no topo das maiores categorias.

Pessoa segurando celular Nokia de costas mostrando suas câmeras com teclado gamer ao fundo sobre mesa de madeira
O Nokia 5.4. é um dos modelos mais recentes da marca. Imagem de Canal Tech.

Desse modo, quanto às suas funções, é um celular completo, pois além das suas configurações básicas, tem uma boa memória interna. Por fim, é um produto que possui poucos concorrentes em relação a sua resolução. Saiba mais sobre os detalhes abaixo:

  • sistema operacional: Android;
  • peso: 181 gramas;
  • faixa de preço: R$ 898 reais;
  • bem como, sim card: nano;
  • dual sim: disponível;
  • memória ram: 4 GB;
  • assim como, memória interna: 128 GB;
  • resolução da câmera: 16 MP frontal e 48 MP traseira;
  • resolução de vídeo: Full HD;
  • e por fim, bateria: 4000 mAh.

O modelo 5.4. chegou ao Brasil com a promessa de ser um destaque entre as linhas intermediárias. De modo geral, atende aos requisitos básicos da sua faixa de preço, além de ter um bom custo-benefício. É um dos maiores nomes da marca dentro do mercado.

Vantagens

O modelo 5.4. se destacou por causa das suas quatro câmeras, que conseguem capturar fotos em movimento. Um outro detalhe importante, é o fato da bateria conseguir durar até dois dias, bem como, possui uma boa capacidade de segurança, pois está no topo da lista.

Desvantagens

Embora o aparelho se destaque por ser acessível, o smartphone tem uma resolução baixa para as imagens. Além disso, o seu processador interno é inferior ao modelo anterior da marca. Por último, o Bluetooth tem o padrão 4.2., isso vai poder gerar algumas limitações.

Vale a pena comprar os smartphones da Nokia?

Sem dúvidas, a marca finlandesa Nokia tenta ocupar novamente o seu espaço no mercado Por isso, tentou renovar a sua imagem no mundo dos smartphones com opções disponíveis à venda. A marca tentou ter o sentimento de nostalgia do início dos anos 2000.

Como visto, no passado a empresa foi a responsável pela revolução dos celulares no mercado tecnológico. Porém, com o avanço das marcas Apple e Samsung, a companhia sofreu alguns prejuízos ao longo de sua história. Agora, tenta recuperar a sua imagem.

Os seus preços costumam variar entre R$ 500 e R$ 1300 reais, portanto, a marca passou a investir em modelos mais baratos e simples. Enfim, passou a ter como público-alvo, as pessoas que não podem ou não querem gastar muito dinheiro em smartphones modernos.

A marca investe em modelos simples e intermediários com alguns detalhes específicos. Mas, é fundamental comparar e avaliar os seus detalhes, para ter um celular com um bom custo-benefício no mercado. Por exemplo, o Nokia C20 é o melhor para quem gasta pouco.

O retorno da marca no mercado de smartphones

A HDM Global afirmou que os novos modelos de smartphones da Nokia, possuem as mesmas qualidades que os celulares antigos. Dessa vez, a marca passou a ter uma parceria com o sistema operacional Android, já que com a Microsoft não deu muito certo.

A partir de 2017, a empresa passou a inovar com alguns lançamentos no mercado europeu e asiático. Mas, a mudança do sistema foi o que realmente ajudou a marca a entrar no mundo moderno. Com isso, os seus modelos passaram a entrar no mundo da concorrência.

Por que a Nokia deixou tanta saudade?

O que mais destaca a Nokia no mercado, é por ter sido um grande sucesso nos anos 2000, por isso, muitas pessoas sentem um sentimento de nostalgia. Logo, surgem as lembranças de uma época remota em que os celulares não tinham a tecnologia de smart.

Dessa forma, por muitos anos, a empresa foi a marca número um de telefones no mercado brasileiro. Por isso, as pessoas que têm mais de 20 ou 30 anos guardam boas lembranças da companhia. Afinal, a maioria das pessoas tiveram a Nokia como o seu primeiro celular.

Os aparelhos se destacam por serem muito resistentes, além de terem um valor mais acessível no mercado. Outro fator, era por ser um celular “inquebrável”, bem como, a sua bateria durava vários dias. Além disso, tinha as lanternas, o rádio FM e o jogo da cobrinha.

Por outro lado, a marca também tinha alguns modelos mais caros na época. Por exemplo, o aparelho N95 destacou-se por ter uma das melhores câmeras do mercado, além de botões especiais para as músicas e os vídeos. Tudo isso mudou com a origem do iPhone em 2007.

O futuro da marca nas mãos da HMD Global

Apesar de voltar para o mercado com os novos lançamentos dos smartphones, a empresa ainda precisa de adaptar alguns recursos. Portanto, com a pandemia, passou a focar na linha dos Nokia 1,2 e 3, que precisam de algumas melhorias mais significativas para eles.

Outro ponto, é a necessidade de melhorar as atualizações do Android, para poder tornar-se um grande concorrente das outras marcas. Em conclusão, é preciso que a empresa foque nas estratégias para inovar o mercado de smartphones no futuro.

Leave A Reply

Your email address will not be published.